[ editar artigo]

Sistema Fiep realiza primeira reunião da Rota Estratégica de Biotecnologia com foco na área de saúde

Sistema Fiep realiza primeira reunião da Rota Estratégica de Biotecnologia com foco na área de saúde

Grupo composto por especialistas será coordenado pelo Tecpar e vai definir prioridades para o desenvolvimento do setor.

Com o objetivo de definir ações para o desenvolvimento da área de saúde no Paraná, o Sistema Fiep realizou, na última quinta-feira (14), a primeira reunião de Articulação da Rota Estratégica de Biotecnologia – Segmento de Saúde. O trabalho, em parceria com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e condução técnica do Observatório Sistema Fiep, dá prosseguimento ao Roadmap Biotecnologia 2031, lançado em 2019 como parte do projeto Rotas Estratégicas para o Futuro da Indústria Paranaense 2031. A reunião teve a participação de mais de 50 pessoas, incluindo pesquisadores e especialistas ligados ao tema de diversas instituições e empresas que atuam no Estado.

O Tecpar foi convidado pelo Sistema Fiep para coordenar o grupo de articulação, que vai definir, entre as ações indicadas no roadmap, as prioridades para o desenvolvimento do setor. “O Tecpar já é um parceiro da indústria paranaense no presente, com apoio ao desenvolvimento econômico por meio de seu complexo laboratorial e com prestação de soluções tecnológicas, e agora vamos incentivar a indústria com aplicação de biotecnologia orientada para a saúde humana e animal”, disse Jorge Callado, diretor-presidente do Tecpar.

O gerente de Assuntos Estratégicos da Fiep, João Arthur Mohr, destacou que o projeto das Rotas Estratégicas é uma construção coletiva entre Sistema Fiep, institutos de pesquisa, academia e setor empresarial. “A intenção é contribuir com a condução dos debates e a interação de grupos de especialistas que, de forma compartilhada, criaram visões de futuro e propuseram ações de curto, médio e longo prazo, para a sinalização de caminhos que resultam na construção de perspectivas para o futuro”, salientou.

Células-tronco

O primeiro tema debatido pelo grupo foi o estímulo à pesquisa sobre o uso de células-tronco como produto de terapia celular avançada. O assunto foi abordado em uma palestra de Jaiesa Zych Nadolny, doutora em Biologia Celular e Molecular e gerente do Centro de Desenvolvimento e Produção de Medicamentos Biológicos do Tecpar. Em sua apresentação, ela salientou que o uso de células-tronco em terapias celulares já é uma realidade. “Os avanços são evidentes e as pesquisas são promissoras. O Tecpar identificou a oportunidade de fortalecer ações nesta área a médio e longo prazo, com base em resoluções recentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, explicou.

As reuniões da Articulação da Rota Estratégica de Biotecnologia – Segmento de Saúde serão mensais, com o próximo encontro marcado para 18 de novembro. Especialistas interessados em participar do trabalho podem realizar cadastro pelo e-mail conselhotematico@sistemafiep.org.br.

Observatório Sistema Fiep
Ler conteúdo completo
Indicados para você